Na véspera do segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, todo o meu apoio ao meu amigo Fernando Haddad. Conheci o Fernando quando ele era prefeito de São Paulo. Ele é um homem de valor, um defensor da democracia, competente e corajoso.

Sabe Paris, aquela capital que quando o povo se revolta e bota fogo nos carros e quebram vidraças, a nossa mídia chama de “manifestação”? A prefeita de lá declara apoio ao Haddad, pois sabe o risco que é eleger um cara descontrolado como Bolsonaro.