O machismo na comunidade gamer

Ainda hoje as pessoas estranham quando uma mulher diz que gosta de games. Mesmo quando “aceitam” (deveria ser normal né), não faltam caras e frases preconceituosas, no sentido de querer deixar claro que o mundo gamer é masculino e que elas estão no lugar errado (elas estão onde querem estar, isos basta). Esse experimento mostra como tudo o que elas passam quando jogam.

Conheça o movimento #MyGameMyName | AcessoGEEK

Conheça o movimento #MyGameMyName | AcessoGEEK

Apesar de pesquisas nacionais e internacionais terem revelado por três anos seguidos que o público feminino corresponde por cerca de metade dos jogadores de video games, muitas mulheres ainda sofrem com preconceito e Às vezes até mesmo com perseguição no mundo digital. Por isso, muitas jogadoras usam avatares e/ou nomes masculinos online para esconder seu …

Fonte: www.acessogeek.com/conheca-o-movimento-mygamemyname

Entre na discussão