Adobe abandona Flash para Linux

Tradução livre de http://www.omgubuntu.co.uk/2012/02/adobe-adandons-flash-on-linux/

A Adobe não vai mais oferecer novas versões do Flash Player para Linux após a versão 11.2, anunciou hoje a companhia.

O Google, ao contrário, assumirá a execução do Flash Player através de um novo plugin de uma API chamada “Pepper”.A combinação significa que os usuários Linux usando o navegador do Google Chrome ainda serão capazes de se beneficiar dos novos recursos do Flash Player e suas melhorias. O Google espera começar a entregar a nova versão do Flash Player baseada no “Pepper”  para o  Google Chrome no final deste ano.Em sua curta declaração, a Adobe escreve: “Para as versões do Flash Player após a 11,2, o plugin do Flash Player  para os navegadores para Linux estará disponível apenas através da API ”Pepper” como parte da distribuição do navegador Google Chrome e deixará de estar disponível como um download direto da Adobe.”

A Adobe não está abandonando completamente o barco. As atualizações de segurança para Flash Player 11,2 continuarão a ser fornecidas por cinco anos após seu lançamento.
Apimentado com ressalvas

Ainda que pareça tudo muito bem ao promover a API ”Pepper”, há uma ressalva evidente: o único navegador a usá-lo (no momento) é o Google Chrome.

Mozilla, a empresa por trás do Firefox, planeja adicionar a tecnologia para seu próprio navegador, e é improvável obter favores de outros browsers menores que não possuem os recursos de desenvolvimento para integrar o recurso.

Apesar do fato de que o “Pepper” será entregue em builds do Google Chrome para Windows e OS X a Adobe vai continuar a distribuir versões novas e melhoradas do Flash Player para essas duas plataformas na forma tradicional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *